Moeda Grega da Ionia, Ephesus (305-288 aC).

**Abelha - representação de Artemis**

**Polis do Templo de Artemis**

**Acompanha Certificado Conatus**

Moeda Grega da Ionia, Ephesus (305-288 aC).

Anverso: Busto drapeado e torreado de Tyche à esquerda, usando brinco e colar.

Reverso: E-F, abelha.

SNG Copenhaga 256; BMC Ionia pág. 55, 68-70; SNG de Aulock 1839.

Dimensões: 1,43 gm; 9 mm

Refc11428

 

Templo de Artemis em Ephesus

O Templo de Ártemis ou Artemision (em grego: Ἀρτεμίσιον; em turco: Artemis Tapınağı), também conhecido como o Templo de Diana, era um templo grego dedicado a uma antiga forma local da deusa Ártemis (associada a Diana, uma deusa romana). Localizava-se em Ephesus (perto da moderna cidade de Selçuk, na atual Turquia). Por volta de 401 d.C. foi destruído. Apenas fundações e fragmentos do último templo permanecem no local. A versão mais antiga do templo antecedeu a imigração jônica por muitos anos. Calímaco, em seu Hino a Ártemis, atribuiu-o às Amazonas. No século 7 aC, foi destruído por uma inundação. Sua reconstrução, de forma mais grandiosa, começou por volta de 550 aC, sob Quersifron, o arquiteto cretense, e seu filho Metagenes. O projeto foi financiado por Croesus da Lydia e levou 10 anos para ser concluído. Esta versão do templo foi destruída em 356 aC por Herostratus em um incêndio criminoso. A próxima, maior e última forma do templo, financiada pelos próprios efésios, é descrita na lista das Sete Maravilhas do mundo de Antípatro de Sídon.

Moeda Grega da Ionia, Ephesus (305-288 aC).

SKU: 11428
R$ 289,00Preço