Moeda Romana Escassa de Fausta (324-325 dC) AE follis -
  • Moeda Romana Escassa de Fausta (324-325 dC) AE follis -

    R$99.00Preço

    Moeda Romana Escassa de Fausta (324-325 dC) AE follis - Esposa de Constantino!

    Cunhada em cerca de 324-325dC.

    Anverso: FLAV MAX FAVSTA AVG, Busto de Fausta usando colar e cabelos presos para trás

    Reverso: SPES REIP-VBLICAE, Spes de pé, olhando para a esquerda, com a cabeça velada, duas crianças nos braços.

    Similar a RIC VII Nicomedia 97 var (selo de cunhagem); Sear 16574 var (idem)

    Dimensões: 2,05 gm; 17 mm

    Refc10606

     

     

     

    🏛🏹Fausta, esposa de Constantino - executada por seu próprio marido - e a dinastia constantina🏛🏹

    Quase desde o nascimento, o papel de Fausta na vida havia sido determinado: ainda criança, ela foi prometida a Constantino, filho de Constâncio "Cloro", que era o segundo em comando e genro de seu pai. Embora um tanto incestuoso e complexo, esse arranjo ajudou a criar um senso de solidariedade e obrigação dentro da linhagem real que Maximiano havia fundado. Fausta quase não viu Constantino desde o momento do noivado até 307, quando viajou para a Gália para o casamento. Ao chegar à corte do marido, Fausta descobriu que tinha competidores por sua atenção e lealdade - seu enteado Crispus; Minervina, a ex-esposa de seu marido e mãe de Crispus, e sua sogra Helena, que não apenas investiria fortemente contra ela, mas sobreviveria à ela. Nas moedas que emitiu em seus nomes, Constantino distinguiu os papéis de sua esposa e de sua mãe. Helena é representada sob a forma de Securitas, personificando assim o “bem-estar do Estado”; Fausta foi mostrada como a mãe dos filhos de Constantino e desempenhou o papel duplo de Spes e Salus, a "esperança do Estado" e a "saúde do Estado". Com base no que realmente aconteceu, Fausta teria sido melhor descrita como o desespero e a desgraça do estado, pois em uma tentativa frágil e paranoica de proteger seus três filhos da estrela em ascensão de Crispus, Fausta acabou causando a sua queda e execução em 326. Nenhum relato confiável do papel de Fausta no caso foi preservado pelas fontes antigas, mas Constantino passou a acreditar em sua culpa e, na vã esperança de que um segundo crime monstruoso absolvesse o primeiro, ele logo ordenou a execução de Fausta. Sendo assim, Fausta, filha de Maximiano Hércules, teve com Constantino O Grande cinco filhos, três homens (Constantino II, Constantius II e Constans) e duas filhas (Constantina, que se casou sucessivamente com Hanibalianus e Constantius Gallus, e Helena, que se casou com Julian II). Graças ao envolvimento no caso sórdido de adultério com seu enteado Crispus, Fausta foi executada escaldada em seu banho por ordem de Constantino em 326 dC. Não se sabe se foi ou não um engodo com fins políticos, criado por ela mesma mas é sabido que conseguiu eliminar Crispus como obstáculo político de seus filhos, em especial Constantius II que viria a ter um longo governo, dando manutenção à dinastia de Constantino.

    Moeda Romana de Fausta (filha de Maximiano e esposa de Constantino I) (324-326 dC)

    SKU: 10606