top of page
Moeda Romana Republicana Escassa Semis (após 211 aC).

Moeda Romana Republicana Escassa Semis (após 211 aC).

Cunhada em Roma.

Anverso: Cabeça laureada de Saturno à direita; S (marca de valor) atrás.

Reverso: Proa da galera à direita; S (marca de valor) acima; ROMA abaixo.

Crawford 56/3; Sydenham 143; BMCRR Roma 229; RBW 203-4.

Dimensões: 23,18g, 29mm.

Refc11692

 

Saturno
Saturno, na mitologia romana, é uma figura complexa e multifacetada que desempenha um papel crucial tanto na religião quanto na cultura da República Romana. Este deus, associado ao tempo e à agricultura, era especialmente venerado por sua conexão com a era mítica conhecida como "Saturnália", um período de abundância, liberdade e igualdade que supostamente existiu durante seu reinado. Saturno não era apenas um símbolo da prosperidade agrícola que era vital para a sociedade romana, mas também representava uma era perdida de felicidade e virtude, servindo como um lembrete constante das aspirações romanas por ordem, moralidade e justiça.
O festival de Saturnália, celebrado em honra a Saturno, era um dos eventos mais importantes e populares do calendário romano. Durante este festival, as normas sociais eram temporariamente invertidas, a escravidão era suspensa simbolicamente, e o banquete e a alegria prevaleciam. Isso não apenas reforçava a relação dos romanos com a terra e o ciclo agrícola, mas também refletia uma compreensão mais profunda da ordem social e da necessidade de períodos de inversão para manter o equilíbrio social. A celebração da Saturnália era uma manifestação da gratidão do povo romano a Saturno por suas bênçãos e uma representação da esperança de um retorno a uma era de ouro.
No contexto político e social da República Romana, Saturno também era considerado um guardião da moral e das virtudes romanas. Seu templo no Fórum Romano não apenas guardava o tesouro do Estado (aerarium), mas também simbolizava a riqueza e a abundância que o próprio deus promovia. A localização do templo e a associação com o tesouro público reforçavam a ideia de que Saturno era um pilar da ordem republicana, guardando os recursos e a moralidade que sustentavam o Estado.
No entanto, com a transição para o Império Romano, a relevância de Saturno sofreu uma mudança sutil. Embora suas celebrações e seu culto continuassem, a centralidade de sua figura nas questões de Estado e na vida pública diminuiu à medida que o imperador começou a assumir um papel mais central, tanto no aspecto religioso quanto no secular. Apesar dessa mudança, a influência de Saturno na cultura romana permaneceu profunda, com a Saturnália e suas tradições continuando a ser uma parte importante da vida romana, lembrando os cidadãos do poder do tempo, da mudança e da importância de manter as tradições e valores que definiam a sua identidade.

Moeda Romana Republicana Escassa Semis (após 211 aC).

SKU: 11692
R$ 3.400,00Preço
    bottom of page